quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Deputado Pedro Bigardi comemora notícia da extensão da linha de trem até Campinas

Bigardi é o criador e coordenador da Frente Parlamentar de Logística da Assembleia Legislativa (Frenlog), onde a questão do modal ferroviário vem sendo amplamente discutida.

O deputado Pedro Bigardi
- da Redação da Folha do Japi

O jornal Folha de S.Paulo deu uma nota hoje afirmando que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) sinalizou uma possível extensão da linha de trem São Paulo-Jundiaí até Campinas e que estudos serão realizados para verificar a viabilidade do projeto.

A notícia alegrou o deputado estadual Pedro Bigardi (PCdoB) que é o criador e coordenador da Frente Parlamentar de Logística da Assembleia Legislativa (Frenlog), onde a questão do modal ferroviário vem sendo amplamente discutida. “A extensão da linha até Campinas é uma necessidade das cidades, pois as estradas de ferro precisam ganhar vida novamente e ser uma alternativa eficaz no transporte de passageiros. Esse posicionamento do governador, portanto, é uma vitória para todos que estão engajados nessa luta”, afirma.

Bigardi revela que também apresentou indicações, requerimentos e emendas ao Plano Plurianual (PPA) com essa finalidade. Esse ano uma ampla campanha para a extensão da linha de trem até Campinas foi encabeçada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias Paulistas e contou com o total apoio da Frente Parlamentar de Logística.

Foram realizadas audiências públicas nas cidades de Jundiaí, Louveira, Campinas Valinhos e Vinhedo para debater o assunto. Dezenas de pessoas e autoridades compareceram e endossaram o coro pela extensão da linha 7 Rubi até Campinas.

6 comentários:

Franco JR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sergio Neves disse...

Tem mais é que comemorar mesmo, todo apoio é bem vindo pra derrotar a máfia tucana que domina Jundiaí!

Francisco Alves Junior disse...

Acho que formulei mal, refazendo:

Como ficará a ideologia do PCdoB recebendo apoio da direita?

Anônimo disse...

Acho que o que o Francisco está querendo entender é por que a até a direita está abandonando o barco dos tucanos aqui em Jundiaí. O desespero é evidente.

Francisco Alves Junior disse...

Eu só acho estranho você viver atacando o Kassab por exemplo e depois abraça-lo, eu pensei que os comunistas fossem mais rígidos quanto à isso.

Anônimo disse...

Pobre francisco, está inconsolável com a perda do apoio dos seus amigos coronéis tucanos!