terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Morre terceira vítima da nova 9 de Julho de Miguel Haddad (PSDB). Até quando?

Na ânsia em defender a Prefeitura, alguns chegaram a acusar injustamente, nas redes sociais, a vítima mais recente de "estar embriagado", o que é ainda mais lamentável perante o sofrimento que as famílias passam em situações como esta.

Foto: Marcelo Langue/Jornal de Jundiaí
- do blog Mais Jundiaí

Morreu no Hospital de Caridade São Vicente de Paulo a terceira vítima da falta de segurança na avenida 9 de Julho. Antonio Belmiro das Virgens, 41 anos, estava internado desde o último dia 15 de janeiro, após cair com seu carro no córrego da avenida, recém-reformada. Sem defensas ou guard-rails nas margens, essa é a terceira vítima da chamada 'Nova 9'.

Vale lembrar que a Prefeitura ficou de rever a ideia de que “o paisagismo é que faria a segurança” para veículos e pedestres após, no dia 27 de maio do ano passad, mãe e filha morrerem após também cairem no córrego.

Ainda no hospital, Belmiro havia concedido uma entrevista à repórter Tereza Orrú, do Jornal de Jundiaí, em que afirmava após o acidente: "Moro em Campinas, mas costumo vir a Jundiaí visitar meu irmão. Tinha observado que não tinha nenhuma proteção e que isso poderia causar acidente", disse. Belmiro recordou ainda que no dia do acidente chovia muito e, ao passar por um cruzamento um veículo passou em alta velocidade, cortando a frente do seu carro.

Antes disso, já preocupado com a situação, este blog já alertava para o problema. "Pelo traçado e pelas características físicas, a avenida não é perigosa. Os acidentes ocorridos tiveram como causa a imprudência", afirmava o secretário de Obras, Sinésio Scarabello Filho, à época.

Na ânsia em defender a Prefeitura, alguns chegaram a acusar injustamente, nas redes sociais, a vítima mais recente de "estar embriagado", o que é ainda mais lamentável perante o sofrimento que as famílias passam em situações como esta.

A morte de Belmiro foi anunciada no próprio Jornal de Jundiaí na seção de falecimentos do último dia 9, mas não foi repercutida, passando despercebida pela opinião pública local. (colaborou Emerson Leite)

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Festa de Confraternização une os presidentes do PCdoB e PSL com o Deputado Pedro Bigardi

Tércio Marinho, Presidente do PCdoB, Pedro Bigardi, João Rocha, 
Presidente do PSL/Jundiaí e Roberto Siqueira, Presidente Estadual do PSL
Em Festa de Confraternização, uniram-se os presidentes do PCdoB e PSL com o Deputado Pedro Bigardi, ocasião em que foi alicerçada a união dos dois partidos e, provável coligação para a campanha municipal de 2012 visando a eleição do Prefeito de Jundiaí.

Na ocasião reuniram-se mais de 350 aliados que ouviram os discursos dos presidentes dos partidos e do Deputado Pedro Bigardi, todos pleiteando a necessidade de mudanças, afirmando a existência de pessoas altamente qualificadas para planejar o futuro, o cresimento e a administração de nossa cidade com justiça, dedicação, honestidade e entregar a cidade aos que anseiam por uma Jundiaí melhor e realmente de todos.

Na ocasião, Roberto Siqueira-Presidente Estadual do PSL afirmou que o partido em Jundiaí vem sendo conduzido com muita maturidade, Liderança forte, bons projetos e, tem liberdade para traçar seus rumos. Disse ainda que só não aprovará qualquer tentativa de aproximação com o partido dominante e que administra a cidade pois para o psdb, as parcerias são apenas estradas de mão única, inexistindo a mão dupla.

O Deputado Pedro Bigardi manifestou-se contra a política de favorecimentos, afirmando que a cidade merece e precisa ser administrada visando o bem estar de toda a população e não apenas para pequenos grupos que a tomaram como se fosse propriedade destes, tendo sido aplaudido demorada e exaustivamente pelos presentes.

Através de ações do Deputado Pedro Bigardi, está à disposição do Hospital São Vicente uma verba de R$ 400.000,00 destinada a renovação de equipamentos muito antigos e defeituosos que, provavelmente será perdida porque a prefeitura de Jundiaí não se manifestou no sentido de encaminhar a documentação necessária para que a verba seja utilizada; preferem perder verbas destinadas ao bem estar e à saúde da população, por ter sido conseguida por um Deputado que não pertence ao partido dominante.

Ao contrário de Jundiaí, todas as Prefeituras de nossa Região já encaminharam a documentação e estão recebendo as verbas conquistadas pelo Deputado Pedro Bigardi, dinheiro que contribuirá na melhoria da saúde e segurança.